Convenção mantida com ganhos

Manutenção de direitos essenciais já conquistados, reajuste salarial com reposição da inflação acumulada no período, acrescido de ganho real, foram os principais pleitos da nossa campanha neste ano de 2018.

Após várias rodadas de negociação com o sindicato patronal, firmamos a convenção coletiva de trabalho 2018/2019, apesar da atual conjuntura nacional no âmbito das relações de trabalho precarizadas pela lei 13.467 de 13/07/2017, que só debilita cada vez mais os professores.

Reajuste com ganho real

Na educação básica, o reajuste foi de 3,0% (inflação até 1º de Março de 1,81% + ganho real de 1,17%). No ensino superior, o reajuste foi de 2,0% (inflação até 1º de Março de 1,81% + ganho real de 0,19%). Esse reajuste tem validade a partir da data base (1º de Março).

Manutenção das bolsas para docentes e filhos(as)

O sindicato patronal insistiu em modificar a cláusula que garante bolsa de ensino para docentes e filhos(as), reduzindo seus benefícios e alterando regras sobre os turnos em que estes  se aplicam. Ainda assim, conseguimos manter a cláusula intacta, da maneira que existe há mais de 30 anos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *