Saúde do Professor

O ato de ensinar é constituído de peculiariedades geradoras de estresse e de alterações de comportamento daqueles que o executam

, expondo permanentemente os professores a uma degeneração progressiva da sua saúde mental.

Em 1974, nos Estados Unidos, o pesquisador Freunderberger, a partir da observação de desgaste no humor e na motivação de profissionais de saúde com os quais trabalhava, identificou um tipo específico de estresse e o denominou de Síndrome de Burnout. O termo Burnout resultou da junção de burn (queima) e out (exterior), caracterizando um tipo de estresse ocupacional durante o qual a pessoa consome-se física e emocionalmente, resultando em exaustão e em um comportamento agressivo e irritadiço.

Os professores estão entre as três principais categorias atingidas por essa síndrome, mas a situação vai além da psiquiatria. Existem outras especialidades médicas ligadas ao enorme número de dispensas para o pessoal docente na atualidade, em diferentes países: neurologia, otorrinolaringologia, reumatologia, traumatologia, hematologia e doenças cardiovasculares, o que tem permitido caracterizar um quadro de doenças profissionais da categoria, a nível internacional.

No Brasil é grande o número de professores “readaptados” (afastados temporária ou permanentemente para atividades administrativas) afetados por uma ou algumas doenças desse conjunto, de professores que se mantêm com sucessivas licenças-saúde e, não raro, como consequência, transformando-se em objeto de desprezo e fonte de problemas para os quadros docente e discente.

Por isso é compreensível que a preocupação dos organismos internacionais – Unesco, OIT, OMS – com as condições do trabalho escolar volte-se também para a saúde dos professores: para que se permita um ótimo desenvolvimento do processo de aprendizagem e melhor qualidade de ensino, é necessário o bem estar integral, físico, psíquico e social de toda a comunidade escolar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *